Salário digno para os profissionais de Enfermagem

Projeto de Lei 2573/2011, que fixa pisos salariais para Enfermeiros, Técnico de Enfermagem, Auxiliar de Enfermagem e Parteiras. Altera Lei 7.498/86, que regulamenta o exercício da Enfermagem. Projeto de Lei 4924/2009, que fixa pisos salariais para Enfermeiros, Técnico de Enfermagem, Auxiliar de Enfermagem e Parteiras. Altera Lei 7.498/86, que regulamenta o exercício da Enfermagem.

sexta-feira, 1 de julho de 2011

Ação desarticula quadrilha que incluía funcionários fantasmas na Secretaria estadual de Saúde - Depois, não tem dinheiro para pagar salários decentes aos Enfermeiros - Por que será?

RIO - Agentes realizam, desde a madrugada desta sexta-feira, a Operação Saldo Zero, para desarticular uma quadrilha que inseriu funcionários fantasmas na folha de pagamento da Secretaria estadual de Saúde. Até o momento, os policiais constataram que 44 nomes foram colocados no Sistema Integrado de Gestão de Recursos Humanos (SIGRH) da folha de pagamento da secretaria. Em quatro meses, o prejuízo aos cofres públicos é de aproximadamente R$ 300 mil. Dezoito pessoas já foram presas e levadas para a Academia de Polícia Civil (Acadepol).

A investigação, conduzida pela Subsecretaria de Inteligência da Secretaria de Estado de Segurança em parceria com a Secretaria de Saúde, contou com o apoio da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco) e do Núcleo de Lavagem de Dinheiro da Polícia Civil.

Os 115 policiais civis envolvidos na ação cumprem 31 mandados de prisão temporária e dois de busca e apreensão. Os envolvidos são acusados de inserção de dados falsos em sistema de informações, peculato e formação de quadrilha. A pena pode chegar a 12 anos de prisão.

As investigações começaram após uma auditoria ordenada pelo superintendente de recursos humanos da Secretaria de Saúde. O órgão verificou distorções a partir do controle rotineiro das presenças dos profissionais recém-admitidos pelo concurso de temporários. Ao cruzar as informações entre os bancos de dados dos aprovados no concurso e da folha de pagamento, ficou evidenciado que tais pessoas seriam beneficiárias do salário sem terem sido aprovadas na seleção. Após esse período de apuração interna, a superintendência acionou a Secretaria de Segurança para dar início à investigação policial.

Foi constatado que duas funcionárias de uma empresa terceirizada inseriram indevidamente, com suas senhas pessoais, fantasmas na folha de pagamentos do estado. Até maio, quando foi realizada a auditoria, Geovana de Paula Santos, de 32 anos, e Gleice Lança Ferreira, de 23, tinham incluído 29 pessoas no sistema.

O marido de Geovana, Alexandre Aug de Moura, é apontado como mentor intelectual da fraude. Ele não teve seu nome incluído no sistema, mas alguns dos salários eram depositados em sua conta bancária.

De acordo com o delegado titular da Draco, Alexandre Capote, apesar de 44 funcionários fantasmas terem sido encontrados, nem todos tiveram o mandado de prisão expedidos porque ainda não foi comprovado que essas pessoas sabiam que seus nomes estavam envolvidos no golpe.

- Os 31 mandados de prisão foram expedidos contra pessoas que sabiam que estavam se envolvendo numa fraude, se beneficiavam disso e repassavam uma quantia para os mentores. Nossa investigação vai continuar para sabermos se as outras 13 pessoas participavam conscientemente da fraude - contou Capote.

Entre os presos, se encontram 10 membros de uma só família, todos incluídos na folha de pagamento. Os demais presos, em sua maioria, são moradores da Baixada Fluminense.

Segundo as investigações, os funcionários fantasmas não eram escalados para plantões, pois, apesar de constarem na folha de pagamento, os hospitais sequer sabiam da existência deles.

© 1996 - 2011. Todos os direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A.

Fonte: O Globo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Proprietário deste blog informa que as postagens de comentários são identificadas, cabendo ao autor dos mesmos a responsabilidade pelo teor de seus comentários.
Grato por sua participação.

Acompanhe por e-mail

Atalho do Facebook Enfermagem 30 horas hoje

Atalho do Facebook Enfermagem 30 horas hoje