Salário digno para os profissionais de Enfermagem

Projeto de Lei 2573/2011, que fixa pisos salariais para Enfermeiros, Técnico de Enfermagem, Auxiliar de Enfermagem e Parteiras. Altera Lei 7.498/86, que regulamenta o exercício da Enfermagem. Projeto de Lei 4924/2009, que fixa pisos salariais para Enfermeiros, Técnico de Enfermagem, Auxiliar de Enfermagem e Parteiras. Altera Lei 7.498/86, que regulamenta o exercício da Enfermagem.

sábado, 15 de junho de 2013

Como a 43 anos atrás... "A taça do mundo é nossa, com brasileiro, não á quem possa..." PANIS ET CIRCENSES"

Boa noite. Daqui à pouco será bom dia e daqui a um pouco mais o Brasil estará em campa para a abertura da copa das confederações.
Será que alguém estará preocupado com o mensalão, com a privataria tucana, com o fato de o governo federal não ter cumprido o acordo com os servidores públicos federais da educação; com a peC 37; com o fato de as 30 horas para a enfermagem estar sendo cozinhada em banho maria com a conivência ou pelo menos a resiliência de quase todas as instituições, autarquias, federações, sindicatos e representantes da categoria; será que alguém estará ocupado em impedir as ações de higienização da madrugada onde pessoas em situação de rua são presas e levadas para sabe-se lá onde pelos governos estaduais e municipais nos arredores dos estádios onde os jogos acontecerão. Será que as questões relacionadas aos golpes e aos boatos que fazem as bolsas e o dólar descerem e subir respectivamente estará nas rodas de conversas? Será que o fato de a saúde pública estar sendo entregue às OS's, às Cooperativas, à Ebeserh será lembrado na hora do jogo ou um pouco depois?
Ou à exemplo do que acontecia nos anos de chumbo: "A taça do mundo é nossa - com brasileiro, não há quem possa..." e tudo o mais que nós sabemos que acontece ficará em segundo plano, inclusive os superfaturamentos, às falcatruas nas licitações, as obras que correm risco de desabarem pouco depois de terem o período de garantia expirado com a conivência do governo atual e a cara de pau do governo que estava no poder à época da construção?
Daqui a pouco o Brasil entra em campo e eu também vou torcer para que nossa equipe vença, mas apenas por que sou patriota, sem esquecer de todas as mazelas que temos, te todos os problemas que vivemos, do fato de só termos UPP's nos entorno dos espaços onde a copa das confederações, a copa do mundo e as olimpíadas serão disputadas. Sem esquecer que há um coro para evitar do autódromo ser construído em Deodoro, sob argumento idiota de preservação da mata atlântica, que nunca foi preservada na zona Oeste rica e que mais uma vez deve receber um equipamento, enquanto ao povo da zona Oeste pobre restará um matagal, cheio de explosivos que nunca será aberto para visitação e que favorece, em muito os assaltos, estupros, desmanches de carro e despejo de lixo que só quem conhece a Estrada do Camboatá sabe que acontece porque, nem a mídia noticia, afinal fica em uma zona de baixo poder aquisitivo e que não beneficiaria a nenhum dos grandes detentores de capital.
É. Daqui a poucas horas teremos mais uma vez o ópio do povo, Panis et circenses.
Gostaria que isto não fosse verdade, mas acho que vocês hão de concordar que não é exagero.
Bom jogo para todos.
Enfermeiro Washington.

Um comentário:

  1. Boa tarde meus amigos e amigas.
    Vamos lá.
    Vamos fazer uma análise das manifestações de ontem.
    Em primeiro lugar, não trata-se de manifestação semelhante à "DIRETAS JÁ" ou "FORA COLLOR", uma vez que aquelas foram construídas por partidos políticos e centrais sindicais e as de ontem foram construídas pelo povo POVO. PPPPPPOOOOOVVVVOOOO, É esse mesmo que vota!
    Além disso, aquelas manifestações possuíam um objetivo muito bem definido e uma estratégia muito bem construída e as de ontem são resultado da insatisfação popular e da capacidade de comunicação on-line, somente presente nos dias de hoje e que, exatamente por esta razão não possui um objetivo único, mas sim difuso pois são muitas as insatisfações.
    Estamos insatisfeitos com a entrega dos hospitais públicos e a comercialização da vida; estamos insatisfeitos com o uso de verbas públicas de modo pouco ou nada controlado e, quase sempre superfaturado para depois ser entregue aos milionários da iniciativa privada; estamos insatisfeitos com a insistência de quase todos os governos municipais, estaduais e o federal de não exigir a redução dos lucros dos empresários, repassando a conta sempre para os trabalhadores; estamos insatisfeito com a insegurança que atinge diariamente a nós e a nossos filhos, enquanto os filhos dos milionários e dos políticos desfilam em seus carros blindados seguidos por seguranças; estamos insatisfeitos com a falta de qualidade nas escolas e de respeito com os professores; estamos insatisfeitos com os rumos da nossa economia, pois somente 7 meses do ano nos sobra como salário, 4 meses pagamos impostos, 1 mês para pagar passagens.

    ResponderExcluir

O Proprietário deste blog informa que as postagens de comentários são identificadas, cabendo ao autor dos mesmos a responsabilidade pelo teor de seus comentários.
Grato por sua participação.

Acompanhe por e-mail

Atalho do Facebook Enfermagem 30 horas hoje

Atalho do Facebook Enfermagem 30 horas hoje