Salário digno para os profissionais de Enfermagem

Projeto de Lei 2573/2011, que fixa pisos salariais para Enfermeiros, Técnico de Enfermagem, Auxiliar de Enfermagem e Parteiras. Altera Lei 7.498/86, que regulamenta o exercício da Enfermagem. Projeto de Lei 4924/2009, que fixa pisos salariais para Enfermeiros, Técnico de Enfermagem, Auxiliar de Enfermagem e Parteiras. Altera Lei 7.498/86, que regulamenta o exercício da Enfermagem.

domingo, 17 de julho de 2011

A Enfermagem e o Empoderamento para Mobilizar a Categoria para os Enfrentamentos.

É uma luta desigual a que travamos e justificativas não faltam, mas é preciso ressaltar que os desafios restritivos impõem a necessidade de superar as adversidades.
Não podemos aceitar que a segunda maior categoria profissional do Brasil, se considerados os números de trabalhadores, permaneça em um eterno congelamento de suas reivindicações.
Uma categoria como a nossa merece ser tratada com dignidade e respeito não apenas por causa do número de componentes mas, principalmente em razão do seu fazer. A Enfermagem cuida de gente; salva vidas; reduz sofrimento e sequelas.
Precisamos aumentar o compromisso de nossos camaradas com o coletivo. Sair das ações individuais e partir para a luta do conjunto da categoria.
É importante que tenhamos a exata noção do que representa um sindicato forte e representação nas instâncias políticas e de governos de camaradas da nossa categoria.
A ABEn, os COREns, o COFEN, os Sindicatos e as Centrais Sindicais são equipamentos de extrema força nas situações de Enfrentamentos, mas eles não existem e por esta razão, não têm força, se não representarem a soma dos interesses de cada um de nós.
Sabemos sim a força que temos quando nos unimos. As últimas Eleições (2010) não nos deixam esquecer. Foram 2 (duas) Deputadas Federais e 3 (três) Deputadas Estaduais ENFERMEIRAS eleitas com o nosso voto. É muito pouco.
A maior categoria profissional do pais, os metalúrgicos, elegeu um presidente da república, dois senadores e dezenas de deputados estaduais e federais.
Queremos dizer: NUNCA MENOS! Nunca menos do que precisamos, nunca menos do que queremos, nunca menos do que merecemos.
Manter o compromisso de cuidar, de cuidar bem, com ética, respeito e urbanidade, não pode ser argumento para que não tenhamos uma postura mais politizada, mais engajada com os desafios atuais.
Participação, animo e coragem não podem faltar a cada um de nós. 
Precisamos prosseguir atuando no fortalecimento da categoria. Seja através da participação em fóruns, nas entidades classistas, e sindicais. Não apenas se filiando, mas sento artífice das ações, autores da história, protagonistas das mobilizações.
Precisamos nos tornar cada vez mais defensores intransigentes do SUS que foi pensado na construção desta política avançada. Para tal é necessário que alcancemos a vitória em lutas como a redução da carga horária e o piso salarial nacional, necessários a todos os sujeitos da nossa categoria.
Sabemos que temos muito a caminhar. O caminho passa pela aliança com os usuários, com a consolidação das relações pautadas na ética, no respeito e na parcerias com as demais categorias profissionais, com os gestores que se proponham a participar de mesas de negociações e, acima de tudo, com os profissionais de enfermagem de nível superior e médio.
É necessário criar e manter um canal de comunicação com os integrantes do Parlamento, das Câmaras Municipais e Estaduais e da justiça em suas diversas instâncias. O que só é possível com a união da categoria.
Além disto é necessário preservar a história e resgatar a memória, o poder político e epistemológico da nossa profissão.
Para atingir estes propósitos precisamos, antes de mais nada atingir a unidades. A união faz a força.
Contamos com a participação de cada um dos Profissionais de cada Estado do nosso Brasil.
Sejamos fortes!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Proprietário deste blog informa que as postagens de comentários são identificadas, cabendo ao autor dos mesmos a responsabilidade pelo teor de seus comentários.
Grato por sua participação.

Acompanhe por e-mail

Atalho do Facebook Enfermagem 30 horas hoje

Atalho do Facebook Enfermagem 30 horas hoje